Páginas

20 de junho de 2010

Assista. Ou não 2.0

Como a Nadi disse que é moda, enfiei o 2.0 no título pra ficar style. E ceis tão é ~LASCADOS~ com esse post. Desde já peço pra que não me matem porque eu só falo de filme do Bale. Eu até falaria sobre algum filme do Jackson se eu tivesse coragem de assistir Dread e paciência pra terminar de assistir Hurt. Mas qualquer dia desses, eu faço um comentário DETALHADO sobre Criminal Minds. Ou não. Q
Anyway, o filme temse de hoje é *música de suspense* EQUILIBRIUM \Õ/ Eu bem que imaginei que vocês nem suspeitavam e -N Agradeçam por meu post, pois vocês nem vão querer ver o filme. Ou vão, sei lá.
Equilibrium é um filme *palmas, eu descobri o Brasil -N* De 2002, com um diretor aê que eu já esqueci o nome. Efailtos especiais, coisas sem noção, e mortes. Muitas mortes. Mai tem morte pra caramba, mano D:
O elenco é quase todo desconhecido da minha parte. O que é fail, já que Sr. Bale disse nos extras do filme que já trabalhou com a cabeçuda que ele NÃO pega.  Mas como sempre tem gemt pra gritar o SOS, tem um mano que eu reconheci desde o começo. Foi só olhar pra eu dizer: "OLHA, É O MANO QUE FAZ BATMAN! \Õ/" Ou seja, esse mano que eu também não sei o nome e tô com preguiça de ver no Google trabalhou com o Bale em dois filmes (que eu saiba) . Inveja, KD.
Parando de encher e falar de Batman, o filme é realmente temse. É. A história é bem boa, mas tem lá suas falhaztichas. Quais? Se liguem.
Desde o começo do filme é explicado que o "prozium" não deixa os habitantes de Libria sentirem nada. Raiva. Tristeza. Alegria. Nada. MAS eles ainda procriam, OU SEJA, eles tem que fazer as promiscuidades pra fazer seus filhinhos. Mas e na hora do vamo vê, eles não vão sentir PRAZER? Então, big fail. E ainda mais quando estamos falando de John Preston, (vulgo Cristian Bale) que né? Então.
Em uma cena depois do massacre dos manin da Resistência, Preston tira suas luvas para passar a mão na parede (?)  ele devia estar necessitado e -n Só que na cena seguinte, ele já está com as luvas de novo. Ou seja, FAIL.
Quando o negão lá dá uma porrada na Preston, ele fica com um machucado no lábio inferior *pausa pra evitar comentários sobre uma certa cicatriz* Mas se a gemt não tiver nada pra fazer e ficar reparando mesmo, a cicatriz muda de tamanho. That means fail.
Se ligaram na failzisse do negócio, né? Poisé. Mas tem umas coisinhas legais ou não que eu queria comentar. RISOS.
O meninin do capeta - O mulequin dá medo. Parece um filhotinho do coisa ruim na versão "mamãe, a vaca lambeu meu cabelo". Mai o moleque NÃO é do mal, na verdade. Tense, i know. '-'
O cabeção da mina lá - Arrumaram uma mulher cabeçuda pra porra pra interpretar a Mary, vulgo a mina-que-o-Bale-não-come. Ela é do tipo SOS (Só o Olho Salva), mas até que atua bem. E É INCINERADA *-*
O cachorrin, mano. Só digo uma coisa: MINDÁ? *-*
As mina desse filme são feianhas demais pro Bale, apesar de eu gostar da Viviana (mulher do Preston Q). A cena que os carinhas entram na casa deles pra prender ela por crime emocional é divs. E ela ainda beija o John e diz um "não me esqueça". É legal. Q
Como eu já disse no começo, morre gente pra caralho. Logo nos primeiros minutos tem tiros strong. E morre gente da Resistência, o Bale mata os maninhos do Clero, é festa. E até aí tem coisa fail.
Numa das primeiras cenas dele no filme depois de ele surfar na porta, Preston começa a atirar loucamente. Mata geral, craro, mas faz uns movimentos homossexuais e inúteis com as mãos. Sim, eu falo mermo. E continua assim ao longo do filme. Quando ele mata o povo depois da cena *-* do cachorrinho. Quando ele tá lá de branco no fim do filme pra matar os manos. Tem coisas temsinhas.
Mai tem uma coisa legal também. No filme, inventaram uma modalidade de luta chamada Gun-Kata. Tem uma explicação interessante, mesmo. E é legalzão, eu queria até aprender se existisse. Veremos as cenas não fail.
Todas as cenas que o Bale chora são perfeitas. Eu já disse que sou masoquista? ._.
A não-lutinha de espadas no final do filme. O negão chama pro fight. Bale faz 3 movimentos cá espada e pronto. Ele até arranca a cara do cara, LITERALMENTE. E daí vem a expressão "Fazer o Bale". Q
A lutinha das armas no finalzinho é bacana, professor. Tipo, é uma luta de empurrões (?) só que com armas, é toda temse. Mas é legalzinha.
Considerações do post: Como eu já citei algumas vezes no tuiter, o Christian atua maravilhosamente nesse filme. E dá uns sorrisin que Ó *-* O filme em si é interessante se você ignorar algumas coisas. Se eu recomendo? SIM. Assista e venha me matar por ter visto gente demais morrendo e -n
Então, é isso. Eu ia fazer uma piada boazona, mas eu esqueci #FAIL Mesmo com tudo, eu gosto de Equilibrium. Tem algo inspirador nele, e Dear John tá fluindo por causa disso. Só acho que deveriam ter mais cenas do Christian sem camisa, porque NÉ?



Tchau, gemt. Digam não ao Prozium. Gun Kata é NICE que nem dorgas. Beijos da vossa Tia Sam. :*

"mas eu, sendo pobre
Tenho apenas meus sonhos
Espalhei meus sonhos 
aos teus pés
Pisa devagar
pois estás pisando em meus sonhos" - Maninho que o Bale mata no começo do filme. Q

3 comentários:

  1. tem muié mais doida que essa Sam? Nãaaaaaaaaaoooo!!! rsrsr... te amo dimaix sammmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm.... saudades diva!! bjuuu JackieW

    ResponderExcluir
  2. tu e essas dorgas sei não viu...kkkkk já alimentou os baiacus da jackemmesper? ta parei....bjuuuuuuuuuuussss di novu! Jackie w

    ResponderExcluir